sexta-feira, junho 14, 2024

InícioNotícias1º registro no Brasil de fuga detentos de penitenciária de Segurança Máxima...

1º registro no Brasil de fuga detentos de penitenciária de Segurança Máxima nesta quarta, 14

- Anúncio -

Dois detentos ligados ao Comando Vermelho escaparam da penitenciária de Mossoró (RN) após cortarem alambrado; governo promete construir muralhas em todas as unidades

Nesta quarta-feira (14), dois presos fugiram da Penitenciária Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte, na primeira fuga registrada na história do sistema penitenciário federal, que conta com cinco unidades de segurança máxima no país. Os fugitivos foram identificados como Deibson Cabral Nascimento, 33 anos, e Rogério da Silva Mendonça, 35 anos, ambos integrantes do Comando Vermelho, a principal facção criminosa do Rio de Janeiro.

A fuga foi constatada na manhã de ontem por agentes federais, que acionaram o governo do estado e a Polícia Federal. Segundo as investigações, os detentos usaram ferramentas de uma obra de manutenção na penitenciária para cortar o alambrado e escapar. As câmeras e as lâmpadas do local estavam desligadas no momento da fuga.

Cerca de 300 agentes das polícias federal, militar e civil estão envolvidos na operação de busca pelos fugitivos, que são considerados de alta periculosidade e matadores do Comando Vermelho. Eles são acusados de participar de uma rebelião que deixou cinco mortos, três deles decapitados, no presídio Antônio Amaro Alves, no Acre, em julho de 2023. Eles foram transferidos para Mossoró em setembro do mesmo ano.

O governo federal anunciou que vai construir muralhas de proteção em todos os presídios federais para evitar novas fugas. O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Garcia, foi até Mossoró para acompanhar o caso. Ele afirmou que a fuga foi um “fato isolado” e que o sistema penitenciário federal é “referência de disciplina e procedimento”.

A fuga dos presos de Mossoró expõe as falhas de segurança e o desafio de conter o avanço do crime organizado no país. O sistema penitenciário federal foi criado em 2006 com o objetivo de isolar as lideranças criminosas e os presos de alta periculosidade. Além de Mossoró, o sistema tem presídios em Catanduvas (PR), Campo Grande (MS), Porto Velho (RO) e Brasília (DF).

Via:CNN Brasil

Siga-nos nas nossas Redes Sociais: Facebook: @gncomunicacaoenoticias ; Instagram: @gncomunicacao/TikTok @gncomunicacaoenoticias  ;  Threads – https://www.threads.net/@gn_comunicacao Se inscreva no canal GN TV Online no YouTube –  Clique aqui e ative o sininho em TODAS . Entre em nosso grupo do WhatsApp  Clique aqui

GN Comunicação e Notícias
GN Comunicação e Notíciashttps://gncomunicacaoenoticias.com.br
Conte com nossa equipe de redação para divulgar notícias da região.
OUTRAS NOTÍCIAS
- Anúncio -

- Anúncio -

- Anúncio -

- Anúncio -

- Anúncio -

Mais notícias

Recent Comments