quinta-feira, junho 13, 2024

InícioNotíciasPolícia afirma que havia ligação entre a casa onde os policiais bateram...

Polícia afirma que havia ligação entre a casa onde os policiais bateram e a pessoa que se buscava prender. O dono da casa rebate a informação

- Anúncio -

A Polícia Civil de Goiás negou em nota oficial que tenha entrado no endereço errado durante uma invasão a uma casa em Aparecida de Goiânia, em Goiás, na quinta-feira (11).

Crédito: TV Anhaguera

O que aconteceu

Veja :Uma família que mora no Bairro Industrial Santo Antônio, em Aparecida de Goiânia, levou um grande susto na madrugada desta quinta-feira (11/4) , quando policiais civis de Goiás, fortemente armados, arrombaram o portão da residência.

O Deic (Delegacia Estadual de Investigações Criminais) tinha autorização para entrar na residência, diz a nota.

Entre em nosso grupo do WhatsApp  Clique aqui

“O mandado de busca e apreensão foi cumprido no endereço correto, constante da ordem judicial, o qual foi obtido mediante investigação técnica, baseada em elementos decorrentes de quebra de sigilo telemático e vigilância policial in loco”, afirma.

Os policias civis teriam chegado ao endereço às 6h da manhã. Após chamarem os moradores “por diversas vezes”, afirma, eles “recusaram-se abrir o portão, claramente cientificados de que a polícia encontrava-se à frente para cumprirem ordem judicial”.

Se inscreva no canal GN TV Online no YouTube –  Clique aqui e ative o sininho em TODAS.

Após a desobediência reiterada dos moradores, houve a necessidade de entrada forçada na residência, sendo exigida, em seguida, a contenção dos ânimos. – Polícia Civil de Goiás, em nota

A polícia alega que “havia uma ligação entre a casa objeto da busca e a pessoa que se buscava prender”. “Tanto é que esta foi presa em frente à residência citada no mandado judicial”, segue a justificativa.

Questionada pelo UOL se a suspeita mora na casa invadida, a polícia não respondeu.

Nas redes sociais, um dos moradores da casa, Thassio Silva, afirmou ser vizinho da mulher procurada. Ele afirma que, durante a invasão, “ela saiu da casa dela por livre e espontânea vontade para ver o que estava acontecendo e se deparou com a situação”.

Momento em que policial aponta arma para moradora de casa foi registrado pela mulher
Imagem: Reprodução de vídeo

Polícia arrombou portão e apontou arma

O assunto repercutiu depois que os moradores acusaram a polícia de invadirem a casa errada. Os agentes arrombaram o portão do imóvel, que fica no bairro Jardim Industrial.

Ao entrar, uma policial apontou uma arma para a mulher que gravava a invasão. No vídeo, é possível ver uma policial mandando a moradora ficar quieta e impedindo que ela, sob a mira de uma arma, saísse de casa.

Ao mostrarem o mandado judicial, os policiais anunciaram o nome de uma mulher que, segundo os moradores, não vive ali. “Vocês bateram na casa errada”, rebate a moradora.

Via: UOL Notícias

Siga-nos nas nossas Redes Sociais: Facebook: @gncomunicacaoenoticias ; Instagram: @gncomunicacao/ TikTok @gncomunicacaoenoticias  ;  Threads – https://www.threads.net/@gn_comunicacao

GN Comunicação e Notícias
GN Comunicação e Notíciashttps://gncomunicacaoenoticias.com.br
Conte com nossa equipe de redação para divulgar notícias da região.
OUTRAS NOTÍCIAS
- Anúncio -

- Anúncio -

- Anúncio -

- Anúncio -

- Anúncio -

Mais notícias

Recent Comments