quinta-feira, junho 13, 2024

InícioNotíciasVereador condenado por roubo de gado renuncia ao cargo

Vereador condenado por roubo de gado renuncia ao cargo

- Anúncio -

Protocolo foi entregue ao presidente da Câmara Municipal um dia antes da sessão que votaria pela cassação do mandato dele. Magnum Vinnicius foi preso com três homens pelo roubo em uma fazenda.

O vereador de General Carneiro, a 449 km de Cuiabá, Magnum Vinnicios Rodrigues Alves de Araújo, acusado de roubo de gado em Primavera do Leste, renunciou ao cargo. O protocolo foi entregue ao presidente da Câmara Municipal, nessa terça-feira (14), um dia antes da sessão que votaria pela cassação do mandato dele.

Magnum estava afastado como parlamentar desde setembro, quando foi preso roubando gado em uma propriedade rural de Primavera.

No fim de dezembro do ano passado, a Justiça soltou o vereador. A defesa do vereador entrou em com um pedido de habeas corpus após a condenação em primeira instâncias a oito anos de prisão em regime fechado, alegando que ele estava na propriedade caçando porcos-do-mato e que acertou um tiro em um boi da fazenda por engano.

Na decisão, o desembargador apontou que não há indicação objetiva do risco processual e alterou a prisão preventiva pelas medidas cautelares.

Magnum foi condenado a oito anos de prisão, conforme a decisão do juiz Roger Augusto Bom Donega, e ao pagamento de R$ 10 mil por reparação de danos pelo crime de roubo de gado.

Peritos analisam carcaça de animal abatido em fazenda — Foto: Polícia Civil/Divulgação

O crime

O vereador e outras três pessoas foram presas no dia 11 de setembro. De acordo com a Polícia Militar, funcionários e o gerente da fazenda ouviram um tiro, foram até o pasto onde ficavam os animais para verificar e encontraram Magnum e outras três pessoas abatendo e descarnando os animais.

Para fugir, os suspeitos entraram em uma caminhonete e jogaram o veículo em cima do dono do grupo – um deles estava armado e atirou nos pneus. Os acusados foram detidos pelos funcionários.

O gerente da fazenda contou à Polícia Militar que houve uma briga e o vereador foi atingido por uma coronhada na cabeça e sofreu um traumatismo craniano.

O vereador foi internado em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, e recebeu alta no dia 30 de outubro. Durante esse tempo, a Justiça o tornou réu após aceitar a denúncia do Ministério Público.

Na ocorrência, foram apreendidas uma carabina, munições e facas, alpem de R4 4,6 mil e 43 talões de cheques. O local foi periciado.

Via: G1MT

GN Comunicação e Notícias
GN Comunicação e Notíciashttps://gncomunicacaoenoticias.com.br
Conte com nossa equipe de redação para divulgar notícias da região.
OUTRAS NOTÍCIAS
- Anúncio -

- Anúncio -

- Anúncio -

- Anúncio -

- Anúncio -

Mais notícias

Recent Comments