quinta-feira, junho 13, 2024

InícioNotíciasO que é Círio de Nazaré? Conheça festa religiosa tradicional em Belém...

O que é Círio de Nazaré? Conheça festa religiosa tradicional em Belém (vídeo)

- Anúncio -

Romaria de 3,600 km reúne milhares de fiéis desde 1793

A 230ª edição do Círio de Nazaré, em Belém, acontece neste domingo (9) para celebrar a padroeira da Amazônia. Mais de dois milhões de pessoas devem caminhar em oração e devoção à santa em romaria de seis horas em um percurso de 3,600 km. Tamanha festa fez o evento religioso é reconhecido como Patrimônio Cultural Imaterial pelo Iphan e declarado Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco. 

O tema deste ano é “Maria, Mãe e Mestra”, cujo objetivo é convidar os fiéis para refletir sobre os ensinamentos de Maria para a pregação do evangelho de Cristo. 

A romaria sai da Catedral de Belém à Basílica Santuário, erguida no mesmo local onde a imagem de Nossa Senhora de Nazaré foi achada pelo caboclo Plácido em 1700. 

Ao longo do percurso, os católicos percorrem o Centro Histórico de Belém e monumentos históricos da cidade, como o Ver-o-Peso, Estação das Docas, Praça da República, entre outros.

HISTÓRIA DO CÍRIO DE NAZARÉ

Celebrado desde o dia 8 de setembro de 1793 e tradicionalmente no segundo domingo a partir de outubro de 1901, o Círio de Nazaré iniciou após caboclo Plácido achar uma imagem de Nossa Senhora às margens de  riacho próximo de onde hoje fica a Basílica Santuário.

Relatos apontam que ele levou a imagem para sua casa e a colocou em um altar de miriti. Porém, no dia seguinte, o objeto teria sumido. Ao retornar ao local do achado, o caboclo percebeu que ela estava no mesmo lugar do dia anterior. 

O fato se repetiu e a notícia tomou maiores proporções, até a imagem ser levada para o Palácio do Governo, para o Paço Episcopal e à recém-erguida Catedral, de onde ela também sumiu. Por conta dos constantes desaparecimentos, Plácido teria entendido que a imagem deveria ficar no lugar em que havia sido encontrada.

Atualmente a imagem original segue o ano todo no Glória, na Basílica Santuário. Já a imagem Peregrina participa das festividades do Círio.

Durante as festividades em honra à Nossa Senhora de Nazaré, são realizadas missas,  vigílias de oração, o Arraial de Nazaré, o Círio Musical e a descida da Imagem do  Achado, do Glória para o Altar da Basílica Santuário.

Este ano aconteceu de forma catártica, após dois anos sem a festividade em homenagem à Nossa Senhora de Nazaré, a Nazinha, como é chamada na região. Após esse período pandêmico, milhares de pessoas acompanharam a procissão da imagem da santa, que é tradicional e acompanhada inclusive por pessoas de outras religiões, já faz parte da cultura do Pará.

Via: Diário do Nordeste

GN Comunicação e Notícias
GN Comunicação e Notíciashttps://gncomunicacaoenoticias.com.br
Conte com nossa equipe de redação para divulgar notícias da região.
OUTRAS NOTÍCIAS
- Anúncio -

- Anúncio -

- Anúncio -

- Anúncio -

- Anúncio -

Mais notícias

Recent Comments