quinta-feira, junho 13, 2024

InícioNotíciasAlvos de investigações da Polícia Civil de Mato Grosso são localizados no...

Alvos de investigações da Polícia Civil de Mato Grosso são localizados no interior do Pará

- Anúncio -

No momento da prisão, dupla portava documentos falsos. Ação foi realizada no município de Rendenção.

A Gerência de Combate ao Crime Organizado (Gcco) da Polícia Civil prendeu, nessa quinta-feira (22), dois chefes de uma facção criminosa que atuava no tráfico de drogas em Mato Grosso. A prisão aconteceu na cidade de Redenção, no Pará.

Segundo a polícia, no momento da prisão, os dois suspeitos portavam documentos falsos. Um deles tem dois mandados de prisão por tráfico de drogas e atuava em Juara, Campo Novo do Parecis, Sapezal e Tapurah. Ele também é suspeito de cometer homicídios na região.

Ainda conforme a polícia, contra o outro suspeito, que cuidava da parte financeira da facção criminosa, também havia um mandado de prisão preventiva.

Durante a ação, a polícia também apreendeu uma pistola 380.

Os suspeitos foram conduzidos à delegacia, onde foram autuados em flagrante. O próximo passo é cuidar da transferência deles para Mato Grosso, segundo a polícia.

Investigação

Segundo a Polícia Civil, um dos presos localizados pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (Gcco) no Pará foi investigado na Operação Mandatários, deflagrada em janeiro deste, e na Operação Impacto, realizada em fevereiro de 2002, com o cumprimento de ordens judiciais em 22 cidades de Mato Grosso.

Ainda segundo a polícia, o outro preso é investigado por um homicídio ocorrido em Tapurah. Em maio deste ano, a Polícia Civil instaurou inquérito para apurar as circunstâncias da morte de Billy Mateus Carvalho de Faria, morto com três disparos de arma de fogo que atingiram o rosto e o tórax da vítima.

Via: G1 MT

GN Comunicação e Notícias
GN Comunicação e Notíciashttps://gncomunicacaoenoticias.com.br
Conte com nossa equipe de redação para divulgar notícias da região.
OUTRAS NOTÍCIAS
- Anúncio -

- Anúncio -

- Anúncio -

- Anúncio -

- Anúncio -

Mais notícias

Recent Comments