Professor da aldeia indígena morre após ingerir tapioca supostamente envenenada, comprada em Supermercado em Luciara

Após ficar internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na cidade de Tangará da Serra – MT, faleceu nesta quarta-feira (22), o professor de Educação Física da Aldeia Fontoura, localizada na Ilha do Bananal – TO, José Gomes de Melo, conhecido como professor Tapera, de 58 anos, vítima de um suposto envenenamento, após ingerir uma tapioca.

Anúncio

Além de José, Hakotxi Karaja e sua companheira Kurixama, consumiram o mesmo alimento, compartilhado com seu cachorro de estimação, e ambos não morreram.

De acordo com parentes, a tapioca foi preparada por uma mulher de 63 anos. Após comer a tapioca, os três começaram a sentir mal-estar, com fortes dores no estomago e tontura, todos foram levados para o Hospital Regional de São Félix do Araguaia, sendo que, José Gomes precisou ser transferido urgentemente para uma UTI.

Ainda de acordo com os parentes, a tapioca supostamente envenenada foi comprada em um Supermercado na cidade de Luciara – MT. A tapioca foi recheada de carne e guardada, na noite anterior.

Segundo informações, foi recolhido pelas autoridades uma das tapiocas. O caso está sendo investigado pela Polícia Judiciária Civil.

Via:JReporterdoAraguaia